Nós queremos conhecer você! Responda a esta rápida pesquisa.

Serra SC Online

Lages

Publicidade

Reestruturação Financeira do HNSP

Publicado por Serra SC Online - 29/03/17 08h09

O diretor financeiro do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, Fábio Lage, que assumiu o cargo há oito meses, participou da última reunião da ACIL, realizada no dia 27 de março, e contou sobre as transformações internas que vem passando a entidade beneficente. Segundo ele, as decisões tomadas nos últimos oito meses conseguiram reverter a precária situação financeira em que se encontrava o Hospital.

 

“O Hospital vinha com déficit de quatro ou cinco anos. Os recursos vinham da congregação no exterior para cobrir as dívidas”, destacou Lage, contando que a expectativa era de que o hospital fechasse o ano de 2016 com prejuízo. Depois de uma consultoria realizada entre abril e maiode 2015, as irmãs, que continuam no comando da entidade, foram aconselhadas a mudar a gestão.

 

Desde agosto, Lage, que é natural de Curitiba, está como diretor financeiro do HNSP. Nesses oito meses ele conta que efetuaram medidas emergenciais como cortes necessários nas despesas e, felizmente, não foi preciso cortar gastos com os recursos humanos. As consequências das decisões já apareceram no final do ano passado, onde o HNSP juntamente com o Hospital de São Bento do Sul (que é uma filial do de Lages) fecharam o exercício com resultado positivo de R$ 300 mil reais.

 

O diretor destacou, também, que nesse período receberam apoio de deputados federais como do Deputado Ronaldo Benedetti e da Deputada Federal Carmen Zanotto, a qual propôs uma emenda que vai possibilitar modernizar o centro de imagem do hospital. Segundo Lage, o objetivo da entidade, agora, é crescer. Na parte privada, já estão trabalhando para dar início na área de cirurgia cardíaca.

 

Hoje, outra grande necessidade é a ampliação dos leitos de UTI. Atualmente existem 10 e a taxa de ocupação é de 100%. Ele acredita que dificilmente terão apoio financeiro do governo do Estado, pois os investimentos estão indo para a conclusão das obras do Tereza Ramos.

 

O presidente da ACIL, Sadi Montemezzo, destacou que ajudar a manter o hospital é um papel de todos, não apenas do governo. Os empresários Toninho e Fornari lembraram que há alguns anos a Associação participou realizando um trabalho com o setor de eletrocardiograma do Hospital. Montemezzo frisou, também, que a diretoria deseja estreitar relação com a nova gestão do Hospital e ajudar no que for preciso.   

 

O HNSP está localizado no centro de Lages, possui 101 anos, e realiza anualmente de 60 a 70 mil atendimentos/ano.

reuniao.hospital

 

Adicionar comentário

Preencha seu

Código de segurança Digite o código de segurança

Gerar nova imagem

Publicidade