Nós queremos conhecer você! Responda a esta rápida pesquisa.

Serra SC Online

Televisão

Publicidade

Governo Bolsonaro suspende programa tradicional de TV criada por Lula e transfere produção

Publicado por Mário Cesar Silva - 30/01/19 08h14

Sem Censura, da TV Brasil, foi suspenso após intervenção da gestão Jair Bolsonaro (PSL) na instituição pública. O canal faz parte da EBC (Empresa Brasil de Comunicação) que será reestruturada, o que inclui cortes e mudanças.

De acordo com a coluna Folha Ilustrada, a equipe foi avisada nesta terça-feira (29) sobre o cancelamento das edições ao vivo do programa de entrevistas, comandado pela jornalista Vera Barroso.

A assessoria da emissora informou que “o programa ao vivo foi interrompido na atual temporada, devendo ser reavaliado para a próxima grade junto com a nova programação”.

Até o atual momento, de acordo com a EBC, será mantida a exibição de programas já gravados. No entanto, a permanência do “Sem Censura” na nova grade, que deve estrear em 11 de março, é incerta.

 

 

O governo já havia anunciado o corte de cargos comissionados para “otimizar despesas” nas quatro unidades da TV Brasil, em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Maranhão.

Na campanha eleitoral, Bolsonaro prometeu extinguir ou privatizar a emissora, apelidada por ele de TV do Lula, já que foi criada pelo ex-presidente, em 2007.

SERVIDORES SÃO TRANSFERIDOS

Segundo informações da coluna de Lauro Jardim, cerca de 150 servidores da EBC foram avidados, hoje, de que serão transferidos para o Ministério da Economia.

Até a apresentadora do Sem Censura, Vera Barroso, e grande parte da produção do programa, estão entre os “devolvidos”.  A edição de amanhã será uma reprise.

semcensura1-768x498


 

Adicionar comentário

Preencha seu

Código de segurança Digite o código de segurança

Gerar nova imagem